bem estar
Deixe um comentário

Como lidar com a enxaqueca de forma natural

A palavra enxaqueca está muitas vezes relacionada como uma dor de cabeça. Mas a verdade é que uma enxaqueca não é uma dor de cabeça. Sofrer de enxaquecas é uma doença incapacitante e que mais de 15% da população nacional sofre.

Os sintomas mais conhecidos são as náuseas, intolerância à luz e ao som, vómitos, visão turva…sintomas que podem levar horas e até dias a passar.

Apesar de muito se falar desta doença, sem cura, ela ainda é muito desvalorizada, principalmente no contexto laboral. Parece que dizer que “hoje não consigo ir trabalhar porque estou com enxaqueca” é motivo de piada. E as pessoas preferem mentir do que dizer a razão da falta.

Sofrer de enxaquecas pode ser limitador e não há forma de saber quando ela vai aparecer.

Como já referido, não há uma cura para esta cefaleia, no entanto, existem formas de prevenir e atuar para atenuar a dor.

Exercício Físico

A prática diária de exercício físico, seja ele qual for, ajuda a produzir substâncias no cérebro que são verdadeiros analgésicos naturais.

Para além das vantagens já conhecidas como reduzir a tensão e a ansiedade, o exercício físico pode prevenir uma crise de enxaqueca.

Descansar

Descansar e respeitar o corpo é bastante importante. Opte por locais arejados e sossegados e sem cheiros fortes.

Dormir sem fontes de luz ou som

Sabemos que qualquer fonte de luz ou som pode levar ao desespero durante uma enxaqueca, por isso, certifique-se que não deixa nenhuma fonte de luz ou som no quarto.

Meditação

A meditação regular tem efeitos fantásticos no nosso corpo e acima de tudo na nossa mente. A mente é o nosso melhor aliado, mas também pode ser o pior se não for exercitado e respeitado. A meditação para além de o ajudar a relaxar também o vai ajudar a conhecer-se melhor.

Consultar um médico

Cada caso é um caso e dependendo do grau da enxaqueca pode necessitar de medicamentos para o ajudar a ultrapassar uma crise.

As recomendações acima sáo naturais e preventivas mas podem não resultar com todos. O ideal é sempre consultar um médico.

Este post foi publicado em: bem estar

por

Andreia é licenciada em Turismo com especialização em Marketing Digital. Adora viajar, comunicar, escrever e criar. O Simply Life nasceu no final de 2015, do seu desejo de criar uma comunidade de partilha dos mesmos interesses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s