Os blogs estão a morrer?

A minha resposta desde já é não. Mas fiquem por aí para ler o resto do artigo!

Muito se fala que os blogs estão a morrer porque as pessoas preferem ver vídeos em prol da leitura…posso concordar q.b?

É certo que existe uma faixa etária que se tiver de escolher entre seguir um blogger ou seguir um YouTuber, vai preferir um YouTuber. Ou se for um blogger que tenha canal de YouTube vai conseguir mais tráfego e visualizações pelo YouTube. Mas isso não quer dizer que não possa consumir as duas plataformas. Eu próprio gosto de ver vídeos no YouTube mas também gosto de seguir o trabalho de alguns bloggers. Com tanta oferta um não tem de morrer por causa do outro…

Os blogs continuam a ter um papel importantíssimo para alavancar a visibilidade de um negócio ou de um indivíduo. Verdade seja dita: se precisar fazer uma pesquisa sobre um tema continua, até de forma involuntária, a abrir o Google para pesquisar.

As redes sociais, como o Facebook também contribuem para a longa vida dos blogs. Senão vejamos: quantas vezes estão a fazer scroll no feed do Facebook, colocam gosto naquela foto do vosso amigo, coscuvilham a vida daquele conhecido ( sem comentar ou deixar um gosto, para que ele não saiba que se importam ou andam a bisbilhotar) e aparece-vos uma notícia ou um artigo de um blog que pelo título vos chama a atenção e abrem para ler?

Existe lugar e importância para todos: artigos escritos, em vídeo, podcasts, imagens…o importante é saber usar, usar com respeito pelo próximo e trazer algo de novo para a comunidade em que se insere.

Longa vida aos blogs!