Como Procurar Emprego nas Redes Sociais

Sabiam que cada vez mais as empresas que procuram recrutar novos colaboradores, pesquisam nas redes sociais o perfil que vai de encontro com as expectativas e características que consideram serem aquelas que se enquadram no que procuram…

Enviar currículos por email ou em mão, já não chega para um mercado tão competitivo e digital, por isso fiquem com estas dicas para vos auxiliar no processo, e entender como tudo funciona!

A rede social que domina este post, e que tem obrigatoriamente de estar presente é o LinkedIn.

O LinkedIn é uma rede social vocacionada para as empresas e para procura de emprego. Resumir esta rede social nesta frase não chega…de uma forma muito simples o LinkedIn é uma plataforma onde cria uma conta e partilha de forma profissional, os seus interesses, gostos, partilha noticias que considera relevantes, coloca informação sobre si próprio, o cv ( que deve estar atulizado), bem como todas as formações que tem ou vai tirando. A fotografia de perfil, também deve ser mais profissional…ou seja, mostre o seu lado mais profissional e valor enquanto colaborador.

Atenção, que não deve estar no LinkedIn apenas quem procura emprego, se está empregado também deve ter conta, pois pode ser contatado por empresas e ser visto enquanto profissional.

Outra rede social, o Twitter, que ainda não tem grande peso em Portugal, está a crescer e noutros países europeus e tem grande relevância para as empresas recrutarem colaboradores. O Twitter funciona muito à volta dos retweeting, partilhar tweets, e desta forma os anúncios chegam a um número maior de potenciais interessados.

Se tiver interesse num trabalho fora de Portugal, quem sabe se o seu futuro não está no Twitter?

A maior rede social, não podia ficar de fora: o Facebook.

No Facebook existem grupos de partilha de anúncios de emprego e as empresas também marcam presença nesta rede social, de forma a que quando procuram alguém para reforçar a equipa, colocam anúncios no Facebook e pode ser uma forma de entrar em contato direto com a empresa.

Por isso, não se engane! Eles vão “vasculhar” o vosso perfil de Facebook…Já pensaram nisso?

Comecem a ter atenção ao que partilham e às fotos que colocam na vossa conta, pois tudo define a pessoa que é e os seus interesses.

A forma como se apresentam, como escrevem e o que partilham vai definir a pessoa que são e o interesse que podem despertar numa empresa ou não.

Para saberem mais sobre Redes Sociais e estratégia de comunicação online podem consultar a plataforma de Marketing Digital: Digital World.