Viver Com Um Cão Num Apartamento

Muitas pessoas acham que não se deve ter um cão grande num apartamento, muitas vezes até ouço os ditos especialistas sobre onde os cães devem morar como “cruel” ter um cão em tamanhas condições…bem, pelo titulo do post já perceberam que eu não sou dessa opinião. Cruel, é abandonar os animais, cruel é deixá-los ao frio e à chuva num grande quintal ( atenção ou até em uma varanda) ou bater-lhes apenas porque sim. Para mim isso é que é cruel.

O nome da culpada deste post é Queen! A Queen tem agora 1 ano e 9 meses, veio cá para casa com 2 meses e é um Labrador Retriever, ou seja, um cão grande. Quando a vimos não conseguimos resistir ao olhar e chorar dela. Demoramos pouco menos de 1 hora a decidir e a correr o risco de inicial nesta viagem sem bilhete de volta. Todos os dias é uma aventura, ela passa de fofinha a terrível muito rápido mas é nossa! É nossa responsabilidade o bem estar dela e educação.

7518838448_IMG_1192

Ter um cão grande, tão novo e cheio de energia não é fácil…desculpem-me os mais sensíveis, mas é como ter uma criança num apartamento, cheia de vontade de ir para a rua correr com as outras crianças.

A Queen é assim mesmo, uma criança. Exige atenção, que brinquem com ela, quer estar sempre onde nós estamos ( literalmente) é uma casa cheia com ela, em todos os sentidos.

Este post não é só para falar sobre ela, senão não era um post e sim uma saga; este post é para ajudar a desmistificar o fato de ter um cão grande num apartamento. SIM, é possível. SIM, é exigente.

Devem ter em atenção que um cão, como um Labrador, tem muita energia, e quando é novo só quer brincadeira e chamar a atenção, e vai usar todas as artimanhas que tiver para o fazer( entendam como: vai pegar em tudo o que conseguir para o fazer).

Existem hábitos que são precisos quando se aceita o compromisso para a vida de ter um cão, quer seja pequeno ou grande.

  • É preciso criar o hábito de o levar à rua. Tentamos levar a Queen pelo menos duas vezes por dia, pela manhã ( antes de ir para o trabalho) e à noite ( depois do trabalho).  O fato de a levar à rua faz com que ela possa fazer exercício e também fazer as suas necessidades ( dono consciente, anda sempre com saquinhos nos bolsos).
  • Outro aspeto importante é criar hábitos na hora de dar a ração. Tentamos sempre ao máximo que ela coma sempre às mesmas horas.

Estes são os dois aspetos muito importantes para a vida saudável de um cão que vive num apartamento (e para o próprio do apartamento).

  • Ao fim de semana, quando o tempo permite, tentamos levá-la até ao parque da cidade ou junto à praia para que possa para além de correr, conviver com outras pessoas e outros cães de forma a ajudar na socialização.
  • A Queen toma no máximo dois banhos por mês, mas todas as semanas a escovamos para que o pêlo solto saía. Portanto juntem à lista, o dar banho.

Os Labradores são bastante irrequietos, então a educação é um dos mais importantes conselhos que vos posso deixar. O bem estar de um cão, passa pela educação que recebe.

Eles são bastante inteligentes, eles sabem quando o tom da voz é de brincadeira e quando é de zangado. Não se deixem enganar por aqueles olhinhos traiçoeiros.

  • Ensinem truques. A Queen sabe sentar quando lhe damos ordem de tal e dar a pata. Na verdade, não foi preciso muito tempo para ela aprender. A vontade de receber biscoitos de compensação, foi mais forte do que ela.
  • Ter a própria cama. Não vos vou mentir, a Queen tem um lugar no sofá ( que é em cima de mim) e na cama, mas é bom eles terem o seu próprio espaço, assim no momento de os deixarem sozinhos em casa eles não se vão sentir abandonados (ok sentem-se sempre) porque sabem que ali é o espaço deles e que estão em “casa”.
  • É preciso muita paciência, porque eles vão estragar coisas, vão fazer xixi no sitio errado…mas tudo faz parte do processo de aprendizagem. Um dia vão olhar para trás e perceber que o tempo para eles passa muito rápido e quem ama os seus cães não quer perder nem um momento.

Eles não pedem muito…eu sei, por experiência própria, que às vezes chegamos a casa e só nos apetece relaxar daquele dia cansativo de trabalho…e lá estão eles quase a enfiar-nos a bola na cara para brincar com eles…pode ser cansativo é verdade, mas também é verdade que eles só nos têm a nós. Nós somos a família deles!

Já repararam que todas as dicas para ter um cão num apartamento, passam pela nossa atitude, pelo nosso compromisso e pela educação que nós damos?

Se queres ter um bom cão, feliz num apartamento ou num quintal, faz de ti um bom dono!

 

 

Um comentário em “Viver Com Um Cão Num Apartamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s