#A Maia É Tudo – Parte I

No passado fim de semana, a convite da Divisão da Cultura e Turismo da Maia, fui, em conjunto com outros bloggers, descobrir e redescobrir o turismo e a história da cidade da Maia.

Como vocês já sabem, eu sou da Maia, e o que poderia ter sido uma viagem por um destino já me familiar foi tudo menos isso! Posso vos dizer que estes dois dias a conhecer alguns dos pontos mais interessantes da cidade fez me ter mais orgulho em ser maiata.

(Ao contrário de o que vos tinha dito, que iria dividir estes dois dias em dois posts…decidi fazê-lo em 4 partes para que não fiquem posts muito longos.)

No primeiro dia, o ponto de encontro foi na entrada da Torre do Lidador, o quinto edifício mais alto de Portugal. Subimos a Torre e do seu ponto mais alto conseguimos ver toda a cidade e as terras adjacentes, que em outrora foram Terras da Maia.

IMG_0552IMG_0554IMG_0556IMG_0558IMG_0559IMG_0562IMG_0563IMG_0570

Depois deste inicio em grande fomos até ao Jardim Zoológico da Maia, um dos mais importantes do norte de Portugal.

Confesso que adorei voltar ao Zoo já que não o visitava desde os tempos de escola…e muitas alterações ele sofreu…muitos dos animais que lá habitam nasceram no Zoo, ou foram resgatados, como o caso de um leão que foi resgatado de um circo.

Durante os próximos tempos também podem visitar a exposição esqueletolândia……. que surgiu de um parceria entre o Zoo e a Universidade de Trás-dos-Montes.

IMG_0571IMG_0573IMG_0583IMG_0584IMG_0587IMG_0593IMG_0596IMG_0600IMG_0609IMG_0614IMG_0616IMG_0618IMG_0620IMG_0628IMG_0630IMG_0638IMG_0641IMG_0648IMG_0649IMG_0653IMG_0656IMG_0658IMG_0660IMG_0666IMG_0668IMG_0671IMG_0673IMG_0674IMG_0677

O que mais gostei de ver foi a forma como os animais são tratados e como todos que lá trabalham amam o que fazem e proporcionam aquelas animais as melhores condições possíveis.

Para terminar a manhã em grande fomos almoçar à Cozinha d’Avó Rosa, um restaurante que fica na entrada do Jardim Zoológico. Eu frequento este restaurante diversas vezes e confesso que nunca desilude. Para almoçar optamos por um dos pratos da sugestão do dia, que tem sempre um prato de carne, um de peixe e um vegetariano. O restaurante tem preços acessíveis e é dos mais charmosos da cidade.

IMG_0688IMG_0690IMG_0691IMG_3067IMG_3071IMG_3075IMG_3076IMG_3073

 

Informações Importantes:

Torre do Lidador

As visitas à Torre do Lidador ocorrem no segundo sábado de cada mês e são gratuitas. Para visitas entrem em contato com o Posto de Turismo da Maia através do site Visit Maia ou do contato telefónico: 22 944 4732

Jardim Zoológico da Maia

Acedam aqui à tabela de preços das entradas no Zoo.

O Zoo também aceita voluntários e estagiários bem como festas de aniversários. Caso pretendam também podem apadrinhar um animal. Deixo – vos aqui o link de acesso ao site do Jardim Zoológico da Maia para ficarem a saber tudo bem como o contato telefónico: 22 944 23 03.

Cozinha d’Avó Rosa

Este restaurante para além de uma localização privilegiada, tem um papel social ativo e especial para os maiatos… É um ótimo local para ir sozinho, a dois ou até mesmo em grupo. Serão recebidos calorosamente como é pratica do povo nortenho!

Podem encontrar mais informação na página de facebook do restaurante Cozinha d’Avó Rosa e as marcações podem ser feitas por telefone: 22 944 23 03.

 

 

 

2 comentários em “#A Maia É Tudo – Parte I

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s