Crónicas de um Engenheiro -Democraticamente Agressivo

O direito à manifestação, desde os primórdios da democracia, que sempre esteve presente.

O objetivo destas são fazer ouvir a opinião “do povo” e fazer sentir a governantes e/ou corporações o descontentamento para com alguma ideia ou decisão. Pois bem, o que se tem vindo a passar em França devido a nova lei laboral foge a todo e qualquer conceito aceite em democracia. Fenómenos de violência gratuita, de parte a parte entre policia e manifestantes, são o “prato do dia” nos blocos informativos um pouco por todo o lado.

Democracia não e isto, democracia não e a imposição de ideias pela força, mas sinto o surgimento de uma solução óptima a partir de varias soluções possíveis dadas por vários intervenientes. Tudo o resto, fora desta descrição não passa de comportamentos desprezíveis perpetuados por pessoas desprezíveis, que apenas procuram um “motivo” ou contexto (multidões, grupos de pessoas etc) para fazer o que mais gostam na vida: serem eles mesmos, uns covardes acéfalos.

Faço votos que esta situação se resolva rapidamente e que se ponha um travão na escalada de violência, não só em França, mas um pouco por todo o mundo.

Aí vai um conselho. Se for para perder alguma coisa, perca o medo e não a esperança, pois um dia você pode precisar dela.

(Jufras Menha)

 

rodape simply life

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s