Crónicas de um Engenheiro – A Força De Um Cravo

Quando na manha de 25 de Abril de 1974 uma, na altura, jovem que pelas ruas de Lisboa caminhava ofereceu um cravo a um soldado que lhe dissera que estaria ali pra derrubar o regime que vigorava, não fazia ideia do impacto que aquele momento iria ter na história do País.O 25 de Abril, ou celebremente conhecido como “Revolução dos Cravos”, representou a queda do maior regime ditatorial (em longevidade) da Europa Ocidental, representou a devolução ao povo de uma liberdade que muitos nasceram e morreram sem conhecer. Pena é que hoje em dia não se dê o devido valor à “liberdade”, e se confunda este conceito com “libertinagem”.

Opinar sem desrespeitar, dizer sem obrigar, fazer sem constringir. Devemos agradecer aos nossos ancestrais por terem lutado, mais por nós que por eles, e respeitar a sua memória e a nós próprios. Vamos todos deixar de ser “parvos” e desfrutar daquilo que nos foi dado com sangue, suor e lágrimas de homens e mulheres e viveram e sofreram sob a tutela de um regime frio, hipócrita e criminoso.

“A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo.”

Fernando Pessoa

 

rodape simply life

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s