Os Clientes mais Difíceis dos Hotéis

Um estudo revelou o que todos os recepcionstas já sabem…o perfil dos hospedes mais irritantes de sempre.

Neste estudo poderíamos acrescentar milhares de perfis mas não vou contestar o estudo e vou me ficar pelos 10 perfis mais contestados.

O Esperto

É o cliente que chega à recepção e garante que fez a reserva com bastante antecedência e a um preço mais baixo do que lhe é pedido mas, infelizmente, não tem nenhum comprovativo.

O Esperto Parvo

É menos comum mas ainda assim não deixa de aparecer. Num hotel em Edimburgo, um funcionário conta a história de um cliente que ligou para a receção para saber como podia sair do quarto, uma vez que tinha na porta um letreiro afixado a alertar para “não incomodar”…

O Glutão

No pequeno-almoço salta à vista de todos. Enche o prato como se não existisse amanhã, mesmo que acabe por deixar imensa comida no fim. Nesta categoria incluem-se ainda aqueles que enchem os bolsos e as mochilas com sandes, manteiga ou marmelada para o lanche.

O Limpinho

Ou esbanjador. Vive indiferente às mensagens deixadas pelo hotel a apelar para o uso racional e amigo do ambiente e chega a deixar no mesmo dia três toalhas de banho no chão, à espera que os funcionários as troquem.

O Brincalhão

Tem dificuldade em distinguir o hotel da sua casa. Por isso, continua a pregar partidas aos amigos com a maior das naturalidades. É o caso do cliente que encomenda o pequeno-almoço no quarto do amigo, com todos os extras possíveis, deixando a conta para o outro pagar.

O Abstémio

Garante a pés juntos que não toca numa gota de álcool há anos, ao mesmo tempo que diz não conseguir explicar como desapareceram algumas garrafas do mini durante a sua estadia.

O Surdo

Dentro do quarto, coloca o som como se estivesse sozinho: tem o volume da televisão e do rádio quase no máximo. Os vizinhos do lado conseguem também ouvir as suas conversas ao telefone como se estivessem na mesma divisão.

O Aproveitador

Leva comida e bebida para o quarto como se estivesse num apartamento. Nos casos extremos, não dá sinais de qualquer tipo de pudor e manda vir uma pizza para o quarto.

O Sujo

Limpa os sapatos aos lençóis, esfrega o chão com as toalhas de rosto e aproveita os rolos de papel higiénico para embalar as recordações da viagem.

O Sedutor

Recepcionistas, pessoal da limpeza ou até a governanta. Ninguém escapa aos ímpetos destes clientes, ansiosos por testarem os seus dotes sedutores no primeiro empregado que lhes aparece à frente.

Milhares de perfis podiam ter sido escolhidos para integrar esta lista mas o estudo ficou-se por estes, os mais comuns.